5 sinais de que você está pronta para maternidade

Tem mulher que nasceu para ser mãe, tem mulher que sempre quis ser, tem mulher que tem dúvidas se quer ou não filhos, tem mulher que já sabe que não quer desde sempre, tem mulher que é surpreendida pelo destino e se torna mãe sem ter pensado nisso e tem quem escolhe ser mãe por razões que não são reais.

“Ser mãe é padecer no paraíso”.  Quem já é mãe entende direitinho essa frase, tão batida e tão clichê. Se tem coisas muito boas nessa jornada e tem que se abrir mão de outras tantas que davam prazer. É para sempre, é uma responsabilidade imensa. Portanto, quem tem tempo para pensar, refletir e contabilizar a idéia de engravidar, pensa muito, mas muuuito.

Agora que eu sou mãe, minha miopia de mulher que quer ser mãe já está curada. Agora não há mais as idéias fantasiosas sobre a maternidade e do comercial de margarina, e posso dizer com propriedade o que há de mais maravilhoso na maternidade, e o que eu acredito ser importante para refletir e decidir se ter filhos.DSC_1479 copy

1º – Estar numa fase menos consumista e mais emocional – Sim, a premissa que a felicidade está nas coisas simples da vida, se tornam reais quando temos filhos, o sorriso deles, as pequenas conquistas, o compartilhar conhecimento, o voltar a ser criança quando brincamos com eles. Tudo isso traz uma alegria indescritível. Não tem que ficar em busca da felicidade, a felicidade está ali, basta prestar atenção.

2º – O amor entre o casal está tão forte que poderá se multiplicar e crescer – É fato, filho não salva casamento, e isso é questão matemática, qualquer número multiplicado por ZERO dá ZERO, se o casamento já está no fim, o amor por uma criança não vai aumentar um sentimento. Mas se o amor entre os dois é sólido, ele transborda, se multiplica, vira 3, 4, 5… Não questiono nem julgo as mães solteiras, e aquelas que decidiram acabar um relacionamento pós nascimento dos filhos e admiro que consigam encarar a maternidade sozinhas. Mas eu particularmente, nunca quis ter filhos apenas, meu sonho sempre foi formar uma família, dar um pai presente e amoroso aos meus pequenos, mesmo que como “casal” não dure para sempre.

3º – Você já se conhece – Você sabe o que é importante pra você, sabe o que queria realizar na vida, e sabe do que não se importará em abrir mão. As vezes o momento certo para ser mãe, é saber o momento em que fez tudo que pretendia, como um indivíduo independente, e que está pronta para ceder, para deixar pra lá, para viver para cuidar, amar, zelar, ensinar e educar, só pelo fato de se dedicar ao desenvolvimento de um ser que você gerou, sem esperar prêmios, reconhecimentos e nada mais. Você está feliz apenas por cuidar de alguém.

4º – Você está pronta para dar seu bem mais valioso: Seu TEMPO – Porque foi você que escolheu ter filhos, gerar uma criança e colocá-la no mundo. Porque dar tempo de qualidade, proporcionar experiências em família, dar carinho e amor não tem preço e nenhum presente ou bem material substitui sua atenção. E não é só estar presente (tipo grudada no celular na mesma sala), é se fazer presente, contar uma história, brincar de carrinho, dançar Bita, ajudar no dever de casa. E não me entendam mal. Mãe tem que ter tempo pra si mesma também, tempo de ser e de se cuidar como mulher, como namorada ou esposa, tempo pra sair com as amigas. Mas definitivamente tem que ter tempo e se dedicar aos filhos.

5º – Você tem que estar preparada para errar, para ser julgada e pedir ajuda – Você vai errar, você algum dia vai esquecer algum remédio, vai se descuidar e deixar o bebê em um lugar que possa cair, ou derrubar algo, vai dizer sim quando deveria dizer não, e vai ter que conviver com isso, e saber que mesmo que tenha errado, não será pior ou melhor mãe. Que sempre vai ter alguém para apontar o dedo pras coisas que você faz ou deixa de fazer, mas se você faz com amor, pouco importa o julgamento dos outros. E você vai ter que baixar a guarda e aceitar ajuda, aceitar conselhos, aceitar que mais alguém pode cuidar do seu bebê além de você, porque você não é a super mulher, você é humana.

Não é facíl ser mãe, e como tudo na vida tem ônus e bônus, mas eu não passaria por essa vida sem este amor.

Beijos com carinho,

Ale

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s