6 passos para me preparar para o parto normal

Gurias que acompanham o blog, já devem ter lido meu relato do parto do Fernando.

Minha experiência não foi bacana, não estava preparada, só queria que passasse rápido, sendo parto, ou cesarea…Queria meu filho nos braços, sem pensar na via de fato.

Fernando nasceu forte e saudável, lindo, mas decidi que com a Olívia vai ser diferente. Não vou só tentar o parto normal, vou me preparar para tê-lo.

Gurias, isso não é uma fórmula mágica, e cada uma sabe como será melhor pra si, só quero compartilhar com vocês o que pretendo fazer até a princesinha resolver hegar.

1º – Buscar informações

Estou lendo blogs sobre parto normal, pesquisas acadêmicas e livros.

Informação prepara a cabeça, e deixa a gente mais consciente do que vai passar.

O primeiro que li foi “O corpo no trabalho de parto” , da fisioterapeuta Eliane Bio, que fala muito da fisiologia do parto, da possibilidade de ter prazer com a experiência e com posições durante o trabalho de parto.

Na lista de livros pra ler está “Parto Ativo” e “Parto Natural – Mesmo após uma CESÁREA “:


livro    livro 2    livro 3

2º – Praticar exercícios

Escolhi a Yoga para Gestante, estou fazendo na Luz Materna e adorando, tão bom trocar experiências com outras grávidas, ter pensamentos positivos e mexer o corpitcho.

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Também pretendo fazer caminhadas com mais frequência, assim que o tempo esquentar um pouquinho.

3º – Curso de preparação para o parto

Normalmente estes cursos são ministrados por doulas ou em hospitais. Como ainda não sei se poderei ter um doula ou não (estamos vendo em que hospital será o parto), a opção é fazer um curso que prepare emocionalmente o casal.

4º – Conhecer o hospital previamente

Me lembro como foi desconfortável chegar em um lugar que eu não conhecia e saber que era ali, que eu iria passar por uma experiência que nunca tinha vivido.

Muitos estudos indicam que o trabalho de parto corre melhor e mais rápido quando a mulher se sente protegida e segura, questão de instintos e hormônios liberados. Tudo influência, então dessa vez quero visitar o hospital antes, e me familiarizar com o ambiente.

5º – Fazer um plano de parto

O plano de parto, nada mais é do que um documento onde você estipula tudo que aceita, quer e não quer durante o trabalho de parto, como episio, soro e etc.

Vamos combinar que na hora da dor, ou durante o processo, sua lucidez aparentemente vai embora (é o que eu leio por ai), então melhor deixar tudo tin tin por tin tin escrito.

Claro que podem haver normas do hospital, ou questões emergenciais que mudem seu plano, mas pelo menos você teve oportunidade de expressar seus desejos.

No blog Adele Doula tem um Modelo de Parto bem bacana.

6º – Preparar corpo e mente

DSC_1498 copy

Então, eu sou adepta a terapia, lá que exorcizo todos meus monstrinhos, então durante este período tão ansiogeno na vida da mulher, vou frequentar as consultas semanalmente. Tem que estar tranquila pra este momento, e muito decidida também.
Além disso o plano de saúde também cobre acupuntura, e no último trimestre pretendo iniciar as sessões para aliviar as tensões que com certeza terei na lombar e costas. Peso da barriga e do Fernando pedindo colo.

Claro que estou tentando escrever uma nova história, mas também estou preparada para talvez não conseguir o parto normal. A segurança do bebê e da minha própria vida estão em primeiro lugar 🙂

Beijos com carinho,

Ale

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s