Qual é a diferença de idade ideal entre os filhos?

IMG_0799

Foto: Jennifer Inda

A chegada de um segundo filho é um mudança gigantesca na vida do irmão mais velho, ele deixa de ter atenção exclusiva, para dividir tudo com o novo membro da família.

Aqui em casa estamos lidando com a sensibilidade, carência e ciúmes do Fernando, que ganhou uma irmã quando estava com 1 ano e 10 meses. Quando a maninha está no carrinho ou na cadeirinha, ele fica bem e fala da maninha sorrindo, mas quando ela está no meu colo ou no colo do pai, aí a cara fecha, fica entristecida, e tudo, mas tudo mesmo é motivo para choro. Tenho segurança (e fé) que é só uma fase.

Eu tinha na minha cabeça que a diferença de 3 anos seria ideal, pois o mais velho já falaria e não usaria mais fraldas, mas ainda teriam uma diferença pequena de idade para brincarem juntos. Mas enfim, Olívia se adiantou e hoje lido com uma diferença de menos de 2 anos, com 2 que ainda usam fralda, 1 que se comunica mais ou menos, e outra que mama e chora. Além disso havia parado de trabalhar quando o Fernando nasceu e acabei nem voltando ao mercado de trabalho antes de ter o segundo filho como havia planejado, mas vi a vantagem de ter um tempo na vida reservado para estes primeiros anos dos filhos, para então voltar a trabalhar com eles não tão bebês.

Cada diferença de idade tem seus prós e contras, ou seja, não existe a tal da diferença ideal de idade. Também cada família tem um perfil e prioridades diferentes, e podem achar melhor uma diferença de idade específica.

Fonte: Revista Crescer

Fonte: Revista Crescer

 

Para acalentar o coração de muitos pais que sonham em dar irmãos aos filhos, e querem acertar até nesta questão, Cláudia Morais, do Blog A Psicóloga diz: “Independentemente da diferença de idades, os irmãos mais velhos funcionam quase sempre como modelos comportamentais, que os mais novos tendem a reproduzir. Dependendo do investimento que os pais façam no desenvolvimento de competências sociais, como a partilha, a assertividade ou o sentido de justiça, maior ou menor poderá ser o laço entre irmãos”.

Ou seja, não importa a diferença, a família sempre poderá criar laços fraternos.

Beijos gurias,

Ale

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s