Mãe, artista e empreendedora – Conheça a Raquel

Conheci a Raquel Grabauska quando estava procurando um lugar para o evento do blog. De cara me apaixonei pelo lugar, o Espaço Cuidado que Mancha, e me senti super bem recebida por essa empreendedora que além de todos dotes artísticos e empresariais, é um doce de pessoa.
Leia e inspire-se na história da Raquel:
17903704
1. Conta um pouquinho da tua carreira.
 
Sou formada pelo Departamento de Arte Dramática da UFRGS, Bacharelado em Interpretação Teatral. Na universidade participei de uma pesquisa sobre o Trabalho do Ator Voltado para Um Veículo radiofônico, da Mirna Spritzer. A Mirna era minha professora e acabou virando uma grande amiga e parceira de trabalho.O radioteatro acabou virando uma grande paixão, virou uma pesquisa pessoal minha, e é essa linguagem que norteia o trabalho do Cuidado Que Mancha, grupo onde atuo, dirijo escrevo espetáculos há quase 20 anos.

2. Como surgiu a ideia do Espaço Cuidado que Mancha?
 
Surgiu muito da minha experiência como mãe. Tardei a colocar meu primeiro filho em escola, quis curtir o máximo com ele. Então frequentamos muito teatro, shows, aulas de música, de arte… Conhecemos o Pulo do Gato, um projeto de pessoas lindas e queridas, um espaço pras crianças brincarem. Dessa vivência e da minha experiência com o teatro no grupo, surgiu a ideia e necessidade de criar um lugar que reunisse tudo de legal que tínhamos visto por aí. O Espaço Cuidado Que mancha é uma mistura de brinquedoteca com escola de arte. Ali, o importante é a criança poder ser criança.
 
3. O Nascimento dos guris influenciou nessa decisão?
 
Sim, acho que depois de ter filhos todas as decisões São influenciadas por eles…
4. O que tu consideras o maior desafio de empreender e ter o próprio negócio?
 
Nesse momento de crise, sem dúvida, o maior desafio é o financeiro. Saber que tem o tempo que é só de investimento. Motivar as pessoas, construir a identidade do trabalho, formar equipe, nossa, são vários desafios. Trabalhar com o que se gosta dá forças pra superar!
 
5. O que consideras o maior beneficio de ter o próprio negócio?
 
O melhor e o pior são a mesma coisa, hehehe. não ter chefe, poder executar várias ideias, reunir muita gente…
 
6.Como tu concilias o Espaço, o grupo teatral e a maternidade?
 
Meus filhos ficam de manhã comigo lá no Espaço. Além do Espaço pras crianças brincarem, lá na casa funciona o administrativo do grupo e é onde ensaiamos. Então eu vou fazendo de tudo um pouco, normalmente com uma criança em volta. Meu companheiro é bastante presente, então nos dividimos com as crianças pra que ambos possamos ter nossas carreiras e estarmos juntos com os guris.
 
7. Que conselho tu daria para mamães que pretendem empreender?
 
Façam o que gostam! Isso é fundamental pra qualquer negócio dar certo.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s