Desenvolvimento da Olívia – 2º Mês

Oi gurias, demorou mas saiu,

Olívia completou 60 dias dia 8 de Maio.

No dia 13, estivemos na Tia Dê, nossa querida pediatra, e estávamos com as seguintes medidas:

Peso: 5,200 kg
Comprimento: 57,5cm
perímetro cefálico: 39,5cm Continuar lendo

Desenvolvimento da Olívia – 1º Mês

O primeiro mês de um bebê é cheio de descobertas e mudanças. Peso, comportamento, apetite, tudo vai se alterando, como uma forma de adaptação ao mundo fora do útero.

Nossa Olívia chegou ao mundo de parto normal, de exatas 40 semanas, com as seguintes medidas:

Data 8/3/2016
Peso: 3.990kg
Comprimento: 50,5cm

O Apgar do 1º minuto foi 9, e do 5º minuto 10.

danibat03970

Foto Danibat

Ela passou as primeiras 72 horas na incubadora recebendo soro glicosado por conta da hipoglicemia. Nem chegou a ficar no quarto comigo, mas eu ia lá toda hora, amamentar e lamber a cria. Ela já mostrava que era calma, gostava de dormir com os bracinhos para cima, bem espalhada e na hora da fome, botava a boca no trombone. Sempre num intervalo aproximado de 3 horas.

Recebeu alta dia 11/03 com 3.880kg

As nossas primeiras 2 noites foram um pouco complicadas, Continuar lendo

Aleitamento materno, um lindo conto de fadas!?

Amamentar é um ato de amor, de doação, de persistência, de provação, e as vezes também de sofrimento.

Minha experiência sobre amamentação foi a principio bem tranquila, claro que doeu um pouco no começo, mas tinha12189832_1705537919679801_7109497638245488717_n bastante leite, bico do seio bem formado, e o Fernando depois que achava o peito (sim, porque na primeira semana se contorcia todo, parecia que não sabia “o que” ele tinha que sugar, e isso me deixava um pouco nervosa), mamava bem. Amamentava em qualquer lugar, e com quem estivesse em volta. Pra mim foi sempre natural, e enfim, sinceramente, todo mundo já viu peito na vida, o meu não era nenhuma “revelação do ano”.

Mas passei por alguns sufocos, ele mamava bem, mas bem rápido, e todo mundo a minha volta, inclusive a pediatra, me deixavam super insegura sobre ele estar mamando o suficiente. Acordado ele mamava no máximo 5 minutos, e dormindo na madrugada uns 20. Mas enfim, ganhava peso certinho, e por outros N motivos, tomava 1 mamadeira de complemento por dia até os 5 meses.

Ele não quis mais mamar Continuar lendo

A polêmica da amamentação

Amamentação pra mim sempre foi algo que parecia normal, e que seria natural quando o Fernando nascesse. E graças a Deus foi. Ele demorava um pouco para pegar o bico do seio, mas quando pegava, mamava direitinho. Também não tive os mamilos rachados, nem febres, nem nada dessas dificuldades que são tão comuns a tantas mães.

Nunca me senti constrangida em ver alguém amamentar, mas confesso que antes dele nascer pensava que ficaria com vergonha de amamentar com outras pessoas em volta, a final, nunca havia me exposto dessa maneira. Mas é algo tão louco como a chave da nossa cabeça muda quando nossos bebês nascem, vai da fase “mulher” para “mãe” em um clique, já no início do parto.

Seu corpo não é mais só seu Continuar lendo